Atividades para Exercitar a Concentração


Nós, pais de crianças agitadas e desatentas, sabemos o quão difícil é fazer com que nossos filhos se concentrem em uma determinada atividade ou até mesmo preste atenção em uma conversa. Particularmente, me preocupo muito com o futuro, especialmente na escola e por isso juntamos 12 atividades que foram um sucesso por aqui para exercitar a concentração de crianças inquietas. Mas antes, leia algumas dicas importantes:

1. Cada criança é única, mesmo que a característica “agitado” seja semelhante. Para uns determinada atividade chama mais atenção, para outros menos, por isso observe bem o tipo de atividade que seu filho se identifica e explore ao máximo a variedade que ela pode proporcionar.

Por exemplo, o Gustavo tem verdadeira paixão por rasgar/cortar papéis, descolar e colar adesivos/etiquetas e brincar com cola líquida ou bastão. Aliada à esses recursos, aqui sempre uso atividades como colar grãos de feijão/macarrão/etc nos livros de colorir (que seriam inúteis na sua real função). Deixo que ele pique uma folha de papel seda e depois cole por cima dos desenhos. Outra paixão que ele tem é por carrinhos, então busco incluir os carrinhos nas brincadeiras, sempre que for conveniente.

2. Se a atividade demandar uma preparação prévia, organize todos os materiais antes de chamar a criança para brincar. Assim o nível de ansiedade dela não sobe e você não se desgasta tentando arrumar as coisas enquanto ela desarruma. De preferência, busque um local para brincar com poucos atrativos à volta, para que a sua atenção se volte exclusivamente para a atividade em questão.

3. Use todo o seu entusiasmo para mostrar a ela o quanto aquela atividade é empolgante e divertida.

4. Você pode criar uma caixa surpresa, com cartões com nomes e figuras que representem as brincadeiras e ir tirando de dentro um cartão por vez, assim a criança vai saber que quando cansar daquela brincadeira, terão outras muito legais.

5. Crianças com baixa concentração, salvo exceções, são crianças com alto nível de atividade cerebral. Não é que elas não conseguem se fixar em uma coisa, na verdade é que elas estão conectadas a muitas coisas à sua volta. Para mantê-las concentradas em uma determinada atividade elas precisam de um desafio, precisam ter uma missão. Mas essa tarefa não pode ser difícil o suficiente para que elas logo percam o interesse e outra coisa roube sua atenção. Comece com desafios bem fáceis e aumente a dificuldade conforme o interesse for crescendo.

Agora, vamos ao que interessa!

1. Quebra cabeça

Não existe atividade que exercite mais a concentração do que montar quebra-cabeças. Se seu filho ainda não se interessa por eles, comece devagar. Existem opções bem simples de quebra-cabeças atrativos. Comece com os de madeira, com espaços para encaixar, depois os livros de até três peças e assim por diante. Aos poucos vá aumentando o grau de dificuldade. O segredo aqui é sentar no chão e brincar junto. Ensine a importância de encontrar as peças das laterais, de separar por cores e assim a brincadeira ficará muito interessante e divertida.

2. Álbum de adesivos

Pode ser de figurinhas colecionáveis ou mesmo um caderno simples com cartelas de adesivos. O importante aqui é que a criança descole os adesivos das cartelas e cole-os em um espaço pré-determinado. Mesmo as crianças mais agitadas adoram essa atividade e gastam muito tempo com ela – às vezes só param quando acabam os adesivos.

 

3. Jogo das sombras e das formas na cartolina

Escolha diferentes objetos que podem ser brinquedos e coisas do dia a dia. Com um canetão desenhe os contornos dos objetos em uma cartolina. Faça esse processo junto com a criança. Agora é só deixar que ela “encaixe” cada objeto na sombra correspondente. É muito divertido!

4. Colar bolinhas de papel, algodão, grãos em livros de pintura

Você pode criar desenhos ou imprimir atividades daqui: APRENDENDO EM CASA: 20 ATIVIDADES PARA FAZER COM CRIANÇAS DE 2 ANOS . Dirija a atividade o mínimo necessário. Dê a informação e deixe a criança criar suas possibilidades. Por exemplo: Desenhe uma árvore num papel em branco. Agora de a ela papéis picados/em bolinhas nas cores marrom, verde e vermelho e peça para ela colar no desenho. Desenhe um girassol em um papel em branco. Dê à criança grãos de feijão preto e grãos de milho e peça que cole no desenho. Se bagunça for um problema pra você, faça isso ao ar livre, no parquinho do prédio, na calçada do condomínio e use cola em bastão, mas não esqueça de deixar a criança livre para fazer sua própria arte. É importante limitar a criança a um desenho por vez e poucas opções de materiais, para que ela se mantenha focada no que está fazendo e não “viaje” demais.

5. Massinha de modelar

Você pode até fazer a massinha junto com seu filho, imagina que bagunça boa? Ou pode simplesmente comprar as massinhas prontas. Brinquem juntos. Construam coisas. Usem objetos de casa como facas (sem serra), colheres, garfos, palitos de fósforo, macarrão… Pegue os temas preferidos do seu filho e dê asas à imaginação.

6. Jogo do Adivinha o que é? (Papel alumínio cobre objetos)

Esse jogo é beeem legal! Você vai precisar de objetos do dia a dia e brinquedos do seu filho. Embrulhe-os em papel alumínio e coloque-os em cima da mesa para que ele possa observar. Um de cada vez, vá dando dicas para que ele adivinhe. Ele pode tocar e, se acertar, desembrulhar. Use objetos fáceis para que ele não perca o interesse. Exemplo: Mamadeira, escova de dentes, colher, carrinho, banana, tesoura.

7. Cadê a minha tampa? (Com vasilhas da cozinha)

Que criança não adoooora se aventurar pelos armários da cozinha? Pronto! Essa é a hora que você vai deixar. Separe diferentes tipos de vasilhas de plástico e suas respectivas tampas. Depois peça para seu filho encontrar a tampa de cada vasilha. Abuse nas cores e formas, assim fica mais fácil de descobrir e muito divertido.

8. Castelo de copos descartáveis

Empilhe copos descartáveis de diversas maneiras. Construa castelos, muros, pirâmides, torres… Deixe a imaginação rolar…

9. Fileira de dominós

Simples, mas exige paciência, concentração e coordenação motora. Comece com poucas peças, mostre como é legal vê-las caindo após enfileiras, faça desenhos diferentes como caracóis e curta muito as risadas que vocês vão dar juntos!

10. Qual garagem é a sua?

Essa é uma delícia! Além da atenção, de quebra você consegue ensinar os nomes das cores. Desenhe em um papel retângulos de cores diversas e pinte-os, essas serão as garagens. Agora a criança precisará colocar o carrinho da mesma cor em cada uma das garagens.

11. Blocos de Montar

Sim, blocos de montar exercitam e muito a concentração da garotada. Mas nada tão atrativo e divertido do que ter o papai e a mamãe brincando juntos!

12. Mosaico Humano

Você pode usar recortes de fotos/revistas ou desenhar os olhos, nariz, boca, orelhas e recortar tudo. Desenhe uma cabeça. Agora dê cola em bastão para o seu filho e deixe que ele decida como e onde quer colar. Aqui ficou uma incrível obra a la Picasso!

Outras atividades para imprimir, recortar, pintar e desenhar você encontra aqui: APRENDENDO EM CASA: 20 ATIVIDADES PARA FAZER COM CRIANÇAS DE 2 ANOS .

E aí, gostou das ideias? Já colocou em prática? Conta pra gente sua experiência e quais suas maiores dificuldades em ter uma criança pouco concentrada em casa.

 

Previous Atividades para gastar energia de crianças agitadas
Next Como untar forma e o bolo não grudar - Misturinha mágica da vovó

4 Comments

  1. Viviane
    julho 17, 2017

    Karen vc acha que essas atividades podem ser realizadas por crianças com autismo ? Ou precisa de alguma adaptação?
    Tenho um filho de 3 anos e 3 meses, agitado e também demora a se concentrar… ele ama lego, massinha, tinta… mas as outras atividades ele brinca 2 segundos e sai rs. Ele ainda não fala.
    Beijos

    • Karen
      julho 18, 2017

      Olá Viviane! Não tenho muito conhecimento sobre o autismo mas o pouco que sei é que a dificuldade de atenção atinge diversas crianças e que o autismo não é o “culpado”, então acredito que dê certo. Tente fazer as atividades que ele se identifica e depois conta pra gente se deu certo. Boa sorte!

  2. Bruna Oliveira
    julho 17, 2017

    AmeI o blog!
    Que tinta guache é essa? A maioria que compro que diz lavável, não é e inclusive n sai nem das roupas😣
    Parabéns por trazer conteúdo bacana o nós! Bjo
    Deus os abençoe!

    • Karen
      julho 17, 2017

      A Acrilex tem uma tinta guache tempera (mancha) e uma tinta guache lavável,mas essa eu nunca achei! Uma seguidora no Insta deu a dica da guache lavável da FaberCastell…
      Lendo a composição se tiver “pigmento” então mancha.. Se tiver “corante” sai com água..

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *