Como congelar e descongelar papinhas


Olá mamães,
o assunto de hoje é muito questionado no Instagram e no Facebook, já que muitas dúvidas surgem em volta da alimentação do bebê.


Bom, para começar, nem preciso dizer que o ideal é sempre oferecer alimentos frescos para os nossos pequenos mas com esse corre-corre do dia a dia, nem sempre conseguimos tempo hábil para isso.
Então quero deixar algumas dicas da nutricionista Paula Fernandes Castilho, diretora da Sabor Integral Consultoria em Nutrição. Anotem!!!


{ Papinhas que não podem ser congeladas }
Papinhas que contenham ao menos um dos ingredientes a seguir não podem ser congeladas. São eles:
.maionese
.ovo (gema ou clara)
.maisena
.vegetais crus
.folhas de verduras ou frutas
.iogurte
.banana

Lembre-se de que não se deve colocar no freezer o que sobrou no pratinho da criança, já que o possível contato com a saliva torna a comida mais suscetível à contaminação. Ah! E nem recongelar o que já foi descongelado uma vez.

{ Recipiente ideal }
As papinhas podem ser congeladas em potes plásticos livres de BPA (Bisfenol A) ou em potes de vidro, sempre lavados e esterilizados.
Também é possível congelar em forminhas de gelo e passar para outra embalagem após o congelamento, como um saco tipo “zip”. A dica aqui é embalar as forminhas de gelo com plástico “filme” para que o alimento não pegue cheiro de outras coisas e evite contaminação.

Lembre de etiquetá-los para saber a data que foi produzido e o sabor de cada papinha.

{ Como descongelar } 
A papinha deve ser descongelada na geladeira – nunca em temperatura ambiente – esse processo pode levar 5 horas, então programe-se!
Outras formas de descongelar são o banho-maria ou no microondas. NUNCA aqueça nenhum recipiente de plástico no microondas, seja ele para o seu filho ou para você.

{ Curiosidades }
O alimento perde nutrientes ao ser congelado? Sim! Pouco, mas perde. Especialmente a vitamina C que não resiste bem às baixas temperaturas.
Mas algumas dicas podem te ajudar a melhorar a conservação dos alimentos:
.Chuchu, abobrinha e berinjela ficam melhores se congeladas já prontas;
.Mandioca fresca pode ser congelada crua e sem casca;
.Couve-flor, brócolis, alcachofra e repolho: precisam ser bem lavados. Em seguida, deixados de molho em água com limão e sal por 30 minutos. Assim, eliminam pequenos insetos e duram mais.

.Ervas para tempero: lave, seque, pique a gosto e congele.
.Tomate: retire a casca e as sementes antes de preparar molho, suco ou purê.
{ Validade da papinha }De uma forma geral, a papinha pode ser conservada por 2 dias na geladeira e 30 dias no freezer, porém alguns ingredientes suportam mais ou menos tempo conforme tabela abaixo:
 Tipo da alimento  Validade na geladeira  Validade no freezer
 Papinha de frutas  2 dias  6 meses
 Papinha de legumes  2 dias  6 meses
 Papinha com carne  1 dia  1 a 2 meses
 Papinha com carne e legumes  1 dia  1 a 2 meses
 Papinha com frango  1 dia  1 a 2 meses
 Papinha com frango e legumes  1 dia  1 a 2 meses
Tabela: http://www.almanaquedospais.com.br/
Previous Dica de Produto: Organizador de Brinquedos
Next Odontopediatria: falando sobre Chupetas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *